Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007
A Peixeirada

OS KALIANOS

 000dy4yc 000dy4yc 000dy4yc

   

Andava Korleone Kaliano, O Pirata Zarolho, a trabalhar na cacicagem de Dom Santanana de Glugopes.

O dito queria à viva força regressar ao reino de Fozigueira e Varalhais.

E não fora o trabalho de Korahmud Saleh, maratonista encartado, a coisa até poderia ter corrido bem.

Um belo dia, soalheiro como são todos os dias de Fozigueira mesmo que chova a cântaros, é por isso é que Fozigueira está sempre na moda, nem que seja a moda da suinicultura, para não dizer coisa pior, para mau cheiro já chega, mas um belo dia, estava Santanana congeminando uma discursata para o pessoal da apanha das espinhas de peixe, aparece-lhe o Zarolho com uma ideia genial.

Trazia no braçado um cherne mais um robalo e uma corvina.

Todos daquele tamanho grande, assim a fazer lembrar um cabaz de sardinha.

A ideia era:

-Por cada voto uma caldeirada.

Santanana olhou o Zarolho de soslaio, e, como quem não quer a coisa, argumentou:

-Espera pelo meu novo movimento que depois penso nisso.

-E não há cargo para mim?, perguntou o Zarolho mafioso.

-Há, disse Santanana, passarás a ser o mestre caldeirada. A propósito…já conseguiste engravidar a Cidalina Kapeluda?

-Aí o Zarolho, ficou com o olho turvo, rosnou uma obscenidade Kaliana, e amandou com a corvina, mais o robalo e o cherne direitinhos à cara de Santanana.

Este porém conseguiu esquivar-se no último segundo, e a peixeirada foi espetar-se fragorosamente na pedra da calçada acabadinha de fazer.

Por isso, O Zarolho ficou a partir desse dia conhecido como o mestre caldeirada na pedra.

Mas Santanana perdoou-lhe.

Precisava dele para a mafiosa caça aos votos.

 

HPeter, Fábulas.

 

 



publicado por HPeter hdp às 00:03
link do post | favorito
|

.Outros BLOGS: (Ver LINKS abaixo): ABORDAGENS; CONCRETO E IMAGINÁRIO; TODOS AO BANHO; A MURALHA;
.posts recentes

. AS MANAS

. INTERVALO - OS KALIANOS

. O CURSO DAS MANAS

. OS COGNOMES DAS MANAS II

. OS COGNOMES DAS MANAS I

. AS MANAS

. VEM AÍ NOVA HISTÓRIA

. KALIANOS - EPÍLOGO. MAS V...

. A FESTANÇA

. A BATALHA NAVAL À MODA KA...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.pesquisar
 
.links
blogs SAPO
.subscrever feeds