Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008
STAR'S RAIN À MODA DO ZAROLHO

O TRIPÉ-FÁBULAS

OS KALIANOS – O KLÃ DO TREVO

PARA QUE A MEMÓRIA NÃO SE PERCA

 trevo_4 trevo_4 trevo_4 trevo_4 trevo_4

STAR’S RAIN À MODA DO ZAROLHO - Reposição

Pois é claro que o Zarolho, ou melhor, Dom Korleone Kaliano, candidato a chefe do Klã Kaliano, onde pontificam Dona Marileka, marquesa de Painaguião, especialmente conhecida pelos seus dotes de eventual inteligência, e por mudar de amores como quem muda de camisa, mais Dona Simplesmente Maria, condessa de Nestprório, vagamente descendente do reino da Jordânia, Dona Agrilhaira, duquesa do Repolho, bem amada esposa de DSom Relkocheório, O Coxo, senhor do reino de Trepucilgibski, pois é verdade…

Dom Korleone, o Kaliano Mafioso, na senda aliàs de todos os Kalianos, casado com Cidalina Kapeluda, a tal que andava a apanhar espinhas de peixe em Akaleirona, capital de Apéskáleira, e que se dedicou a umn negóciozito de pelos, unhas e postiços, pai de Andreota e Rivolio Kaliano, resolveu organizar em Varalhais, nova capital da República, um concurso com televisão e tudo chamado Star’s Rain, para não ter de copiar outro famoso do género chamado chuva de estrelas.

Ele era o maestro, o ensaiador, o apresentador, o roubador oh, perdão, o relator, o revisor, o arrumador, e outras coisas terminadas em or, como por exemplo usurpador, chantagiador, e por aí fora…

Como bom Kaliano meteu os filhos a concorrer.

 

Alguém se lembra daquela história da “agulha e o dedal” que metia Beatrz Costa e António Silva?

 

Ora adivinhem lá quem é que o personagem menos sério do mundo fez por colocar nos dois primeiros lugares do Star’s Rain?

 

É Kaliano e basta!

 

HPeter, Fábulas.

 



publicado por HPeter hdp às 00:03
link do post | favorito
|

.Outros BLOGS: (Ver LINKS abaixo): ABORDAGENS; CONCRETO E IMAGINÁRIO; TODOS AO BANHO; A MURALHA;
.posts recentes

. AS MANAS

. INTERVALO - OS KALIANOS

. O CURSO DAS MANAS

. OS COGNOMES DAS MANAS II

. OS COGNOMES DAS MANAS I

. AS MANAS

. VEM AÍ NOVA HISTÓRIA

. KALIANOS - EPÍLOGO. MAS V...

. A FESTANÇA

. A BATALHA NAVAL À MODA KA...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.pesquisar
 
.links
blogs SAPO
.subscrever feeds